quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Briston Clubmaster Diver


O Briston Clubmaster Diver com a referência 17642.PS.D.1.LVBR é um relógio de mergulho (a caixa possui uma resistência até 200m) com uma estética elegante que lhe permite fazer a ponte entre o relógio desportivo e o dress watch.

Este é mais um candidato a Relógio do Quotidiano do Grande Prémio de Relojoaria do Anuário Relógios & Canetas e do ECO.

Os dois principais fatores que permite a este relógio apresentar-se como um relógio de mergulho para usar todos os dias é o facto de a marca ter optado por um bisel interno de controlo do tempo de mergulho, integrado no mostrador e controlado por uma coroa específica, por oposição à tradicional coroa externa dos relógios deste tipo.

O outro fator é aquele que me dá alguma ambivalência sobre a apresentação global da máquina: a bracelete. A Briston optou por uma bracelete em pele de aspeto vintage que é bonita mas que parece mal integrada na caixa, um pouco "out of character". Não sei se é a largura, face ao tamanho da caixa (que tem 42mm de diâmetro) ou o próprio material, mas é algo que não parece totalmente "certo". Talvez uma bracelete em aço ficasse aqui bem, mas a marca não a propõe sequer por opção (embora haja variantes com bracelete em silicone). Veja-se o que a Bulova fez com o mesmo conceito (relógio estanque a 200m e bisel interior) aqui, e com um resultado claramente mais elegante.

No final, o que mais me preocupa é o preço. Os 520€ pedidos (valor de referência por encomenda a partir do site da empresa) não são um valor excessivo, mas este é um relógio cujo movimento automático não é suíço (é um Seiko NH35A, o que em si mesmo até é uma boa escolha – e frequente – para um relógio de mergulho) e o mostrador é em vidro mineral K1 (uma vez mais, uma escolha frequente para relógios de mergulho).

Onde quero chegar é que o movimento Seiko em vez de um ETA ou Sellita e o vidro K1 no lugar da safira são opções sensatas mas... baratas. E que por isso bem poderiam ter contribuído para um relógio com um preço final mais acessível, tanto mais que é vendido diretamente a partir do site da marca. É que até mesmo via Amazon não o encontrei mais barato

Este modelo é candidato a Relógio do Quotidiano para o Grande Prémio de Relojoaria. O público em geral pode votar aqui.

Sem comentários :

Enviar um comentário