sexta-feira, 21 de abril de 2017

Straton Curve-Chrono watch

 

image_7a305cef-02b9-42fc-bfb0-3d2d18954bed

A Straton é uma jovem empresa criada a partir de uma campanha de crowdfunding lançada em 2015. Uma das coisas que me agrada nela é a sua capacidade de criar não só outros modelos para além dos que lhe possibilitaram o seu lançamento original, como também o de propor inúmeras (e interessantes) variantes sobre cada um dos modelos.

O primeiro modelo da marca lançado com uma campanha no Kickstarter foi o seu Vintage Driver Chrono. Mas é o mais recente Curve Chrono que vos trago hoje. O modelo presta homenagem ao design dos anos 70, especialmente através do formato da caixa e da utilização de esquemas de cores reminiscentes dos relógios da época.

A partir do website da marca é possível adquirir este Curve Chrono num total de 10 variantes: todas as 5 que estão na imagem e em versões com caixas em aço de 39,5 ou 42mm de diâmetro. Apesar das diferenças em execução, incluindo braceletes em pele e em aço (malha milanesa), o preço é sempre o mesmo, 499 dólares, e se for encomendado num país da UE, será também enviado a partir da UE, pelo que não pagará impostos adicionais. Além disso, o preço inclui mais duas braceletes tipo NATO, à escolha.

O preço pode parecer um pouco elevado, mas este Curve Chrono tem alguns truques na manga. Primeiro, uma execução cuidada que inclui mostrador com vidro de safira e bisel interior com controlo por coroa às 10h00 que oferece leitura de segundo fuso horário. Mas sobretudo porque usa um movimento cronógrafo Seiko VK64 “meca-quartz” – um movimento híbrido de quartzo que utiliza componentes mecânicos para o módulo cronógrafo (uma explicação mais visual das diferenças com um cronógrafo de quartzo podem ser vistas neste vídeo.)

O debate sobre a “nobreza” deste tipo de movimento está longe do fim mas, pessoalmente, penso que foi uma boa escolha e, se permite oferecer um relógio com este nível de execução a um preço destes, nada tenho contra.

Sem comentários :

Enviar um comentário