segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Sturmanskie Gagarin Vintage 2609/3707129

 

Sturmanskie_Gagarin_Vintage

516PlTC TnL61O9BE1tIUL

E por falar em relógios que foram ao espaço… Antes de chegar à Lua, o Homem teve primeiro de deixar a Terra. E o primeiro foi Yuri Gagarin, em 12 de Abril de 1961. No pulso levava o seu fiel Sturmanskie de carga manual, o qual sobreviveu perfeitamente às forças G extremas a que o cosmonauta russo foi sujeito dentro da cápsula Vostok 1.

A coleção Sturmankie Gagarin Vintage presta homenagem a esta viagem pioneira. O relógio que hoje vos trago é uma réplica do modelo que Gagarin levou no pulso e a tampa traseira inclui um baixo-relevo da sua efígie. Lá dentro, o movimento é reminiscente do mesmo usado no relógio original, o Poljot 2609, um movimento mecânico de carga manual.

A Sturmanskie possui diferentes variantes deste relógio, quer ao nível das cores do mostrador, quer do material usado na caixa – aço ou titânio. Esta referência em particular, 2609/3707129, é das mais bonitas, com caixa em titânio de 40mm de diâmetro, mostrador preto e numerais beije. A bracelete é em pele castanha escura.

Este é um relógio simples e de alguma forma discreto (embora isso dependa do ponto de vista…) com um charme que é puro “soviet chic”. O preço de referência, na loja da Sturmanskie, é de 420€, e a marca possui representação em Portugal, o que significa que não haverá problemas de garantia e assistência técnica.

Uma das formas de o comprar a um preço ligeiramente abaixo do indicado, e com portes grátis, é através da Amazon Espanha, onde está à venda por 410€.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Bulova Moon Watch (ref. 96B251)

O +Bulova Watch 96B251, também conhecido por "Moon Watch", é um belíssimo cronógrafo com  características únicas e um preço de referência surpreendentemente acessível.

Apesar de o Omega Speedmaster continuar até hoje a ser conhecido como o único relógio que alguma vez foi usado por um astronauta numa missão lunar, tal não é inteiramente verdade: durante a missão Apollo 15, em 2 de Agosto de 1971, um cronógrafo Bulova foi usado na Lua. Este modelo, com a referência 96B251, é uma reedição desse relógio, vendido numa caixa especial com bracelete em nylon adicional e ferramenta.

Tudo neste relógio me agrada: a caixa em aço de 45mm de diâmetro, a forma e disposição dos poussoirs que comandam o cronógrafo, a forma discreta como o taquímetro surge inscrito no bisel, a bracelete, o vidro de safira e… o preço! Enquanto o já referido Omega tem preços na casa dos 4 dígitos, este Bulova possui um PVP de referência de apenas 550 dólares – e é possível comprá-lo por apenas $400 – o que significa que é uma forma muito acessível de possuir uma réplica de um relógio que esteve na Lua.

Uma palavra para o movimento usado, e a que já anteriormente aqui se fez referência. Trata-se de um movimento de quartzo de alta frequência (262 kHz) exclusivo da marca e que permite não apenas uma precisão (ainda) maior do que é habitual como movimentos de quartzo, mas também um movimento suave do ponteiro dos segundos, tal como aconteceria num movimento mecânico. Note-se que, tal como acontece no Omega Speedmaster Moonwatch, também este é um cronógrafo sem data.

Ou seja, não só este não é um cronógrafo qualquer, como também o seu movimento, ainda que “apenas” de quartzo, possui características que lhe emprestam um elevado grau de exclusividade. Altamente recomendado!











Vídeo: