segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Stührling Concorso Vigor 820.03


Quem acompanha regularmente este blog sabe que a Stührling é uma marca que me deixa algumas reservas. E essas reservas prendem-se sobretudo com o momento em que a empresa entrou no mercado lançando a ideia (a partir de uma "história da marca" sempre vaga e que deixa muita margem à imaginação) de que os seus relógios eram suíços.

Em seu abono registo com agrado o desaparecimento da maioria das referências a uma hipotética herança helvética. O que resta é o que muitos outros fazem: relógios baseados em movimentos japoneses, chineses e (por vezes) suíços a preços muito razoáveis.

Se olharmos para estes relógios sob este ponto de vista podemos por um momento respirar fundo, olhar para a Stührling de uma outra forma e apreciar os seus relógios e, sobretudo, a sua relação preço/qualidade aparente.

Este cronógrafo, com a designação Concorso Vigor e a referência 820.03, é um excelente do que acabo de escrever. Trata-se de um cronógrafo de quartzo baseado no interessante movimento Miyota 0S00 que, com a disposição dos sub-mostradores e janela de dia e data às 3h00 lembra de imediato um Valjoux 7750.

O relógio parece muito bem construído, com uma grande caixa em aço de  46mm, fundo roscado e resistência à água até 200 metros. Os índices e ponteiros têm tratamento luminescente para visibilidade no escuro.

Existem mais duas variantes deste modelo com caixa em aço normal: com mostrador e bisel azul e com mostrador e bisel preto.

Os preços de referência oscilam muito. Para o modelo 820.03 em PVD negro, que foi aquele que mais facilmente encontrei online, a Amazon.com pede-nos quase 400 dólares, o que me parece excessivo, enquanto na Europa o valor é de 129 euros...

Sem comentários :

Enviar um comentário