domingo, 13 de dezembro de 2015

Seiko Sportura SRG019P1

Os movimentos Kinetic começaram por ser a ideia da Seiko de conjugar a precisão do quartzo com a energia gerada por um rotor como nos movimentos automáticos. Hoje, várias iterações depois da implementação original (a marca japonesa apresentou a sua criação na feira de Basileia no longínquo ano de 1986) é até possível usarmos a coroa para gerar energia – tal como fazemos com um relógio automático também capaz de receber carga manual!

É esse o caso deste Seiko Sportura equipado com um movimento Kinetic Direct Drive. Além de gerar energia para alimentar o movimento de quartzo através de um rotor que gira com o movimento do pulso – como nos movimentos mecânicos automáticos – também consente ser “carregado” através do movimento da coroa.

Este modelo, com a referência SRG019P1, utiliza o calibre 5D22 da Seiko, o qual oferece uma autonomia de 30 dias – interessante quando sabemos que as implementações originais dos primeiros Kinetic não iam além dos 3 dias. O indicador “Direct Drive” às 9h00 dá-nos não apenas a leitura da reserva de marcha, mas também o estado da geração de energia e quantidade de energia gerada.

Todo o relógio é do meu agrado, com proporções muito boas e um desenho simples e elegante. A caixa em aço tem 45mm de diâmetro e uma resistência à água até 100 metros, o que justifica de alguma forma a presença de um bisel para controlo de tempo de mergulho. O mostrador é protegido por vidro de safira antirreflexo; a bracelete em aço possui um fecho tipo borboleta de desencaixe rápido com dois botões de mola.

O preço de referência, no website britânico da Seiko, é de £499. Contudo, encontrei-o à venda na Amazon espanhola por bastante menos: cerca de 510€, o equivalente a £370.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Tactico TC3 Geomaster

page17-1001-full

A Tactico é uma marca da empresa espanhola CREPAS (“Compañía Relojera Especializada para Actividades Subacuáticas S.L.”) que produz alguns modelos muito bonitos e originais – mas, infelizmente, não tão baratos como eu gostaria. No entanto, e uma vez que a maioria fica apesar de tudo por menos de mil euros, penso que se justifica aqui uma “abordagem B3”.

O modelo da Tactico que me chamou mais a atenção foi este Geomaster, uma peça que oferece muito mais do que aparenta.

Numa caixa em aço com resistência à água até 20 atmosferas (200 metros), a Tactico colocou um bisel interior acionável através de uma segunda coroa às 8h00. O vidro do mostrador é de safira com um tratamento anti-reflexo de 10 camadas. E lá dentro bate um coração mecânico automático hi-beat (28.00 a/h, ou seja, 4 Hz) ETA 2893-2 modificado.

Este calibre suíço oferece com complicação adicional a indicação de um segundo fuso horário. Contudo, enquanto o movimento-base possui um quarto ponteiro para essa funcionalidade e um disco de data às 3h00, a Tactico optou por prescindir da data e implementar a função GMT através de um disco: o que podemos ver na janela rasgada às 3 horas não é um indicador de data, mas sim do segundo fuso horário através de uma escala de 1 a 24.

A visibilidade no escuro é assegurada pela aplicação de material luminescente (Superluminova) nos ponteiros, numerais e índices. Este relógio tem um edição de apenas 88 peças que contribui para justificar o preço de €825+IVA (21% em Espanha), o que dá um valor total de 998 euros. Existe uma versão com base na mesma caixa, mas com um ETA 2824-2, designada TC3.3, com um preço mais acessível de €520 + IVA.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Tissot Quickster Chronograph

Há uma tendência generalizada de criar cronógrafos que esteticamente se afastam bastante das suas raízes de "relógio desportivo" – desde dress watches até mesmo a relógios de mergulho. Nesse sentido, este Tissot Quickster Chronograph é um regresso às origens, com uma estética que não deixa duvidas sobre as suas pretensões desportivas (mesmo que o seu possuidor nunca, u quase nunca, utilize as suas funções de cronógrafo!).

A coleção a que esta referência em particular pertence (T095.417.36.057.02) inclui nada menos de 24 variantes, com múltiplas conjugações de cor de mostrador, de caixa, bisel e bracelete. selecionei este devido à sobriedade agressiva do revestimento PVD negro e do bisel cinzento que em nada afetam um resultado final de grande legibilidade. Uma gama designada Quickster NATO, com pulseiras contínuas em nylon, inclui mais 7 variantes.

Este modelo com caixa em aço de 42mm de diâmetro é baseado num movimento cronógrafo de quartzo ETA G10.211, muito usado não só pela marca em muitos dos seus modelos mas também fora do Grupo Swatch, uma vez que a ETA vende os seus movimentos para integração em relógios produzidos por terceiros.

O mostrador, protegido por vidro de safira, possui apenas numerais na posição das 12 horas, sendo as restantes posições horárias assinaladas por índices. O bisel inclui um taquímetro graduado de 60 a 400.

O valor de referência que encontrei online para este relógio é da ordem dos 400 euros.

sábado, 5 de dezembro de 2015

Vostok Europe Fuzileiros


A Sociedade de Relojoaria Independente criou uma série de relógios especificamente a pensar nas necessidades específicas dos Fuzileiros da Marinha Portuguesa. Após a entrega aos Fuzileiros dos primeiros exemplares, estes relógios prontos para qualquer missão estão agora disponíveis para venda ao público.

Concebidos a partir de modelos base da Vostok Europe, marca habituada a criar relógios “para ir aos extremos”, esta série especial consiste em dois modelos: automático (três ponteiros e data, movimento Seiko NH-35A) e cronógrafo de quartzo (movimento Citizen/Miyota 6S21 Chronograph Grande).

Características principais dos relógios Fuzileiros:
  • Edição especial para os Fuzileiros da Marinha Portuguesa
  • Personalização com símbolo dos Fuzileiros no mostrador em cinza escuro e na tampa traseira
  • Revestimento em PVD preto mate
  • Iluminação permanente do mostrador através de tubos de trítio
  • Caixa em aço resistente a 20 atmosferas (200 metros) com coroa de rosca
  • Todos os relógios foram testados individualmente e incluem um certificado de estanquidade
  • Braceletes presas com parafusos de alta resistência para evitar libertação acidental
  • Inclui duas braceletes: borracha de silicone e pele, para uma utilização do relógio em qualquer circunstância (radical/formal)
  • Vendido em “Dry Box” com símbolo dos fuzileiros, que inclui ferramentas para a substituição das braceletes
O PVP do modelo cronógrafo é de 572 euros; o valor para o modelo automático é de 555 euros.
Os primeiros exemplares destes relógios foram entregues aos Fuzileiros numa cerimónia informal realizada no Museu dos Fuzileiros no dia 17 de outubro.4

No final, a SRI ofereceu um exemplar que ficará em exposição no Museu.