quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Junkers WorldTimer 6892-2

junkers_6892-2_day-night_view-X2[1]

A Junkers continua a surpreender pela originalidade das suas peças e por não deixar que o sucesso lhe suba à cabeça, razão pela qual os seus relógios continuam a ser dos que oferecem uma das melhores relações preço/qualidade do mercado – o que em Portugal é ainda mais verdade uma vez que é o único mercado do mundo em cujo distribuidor oferece garantia vitalícia.

A gama WorldTimer é a mais recente da marca alemã e, para já, a gama consiste apenas em dois modelos. A referência 6892-2, que hoje vos trago, tem mostrador cinzento escuro; a referência 6892-5 tem mostrador branco. Em qualquer dos casos foi dada particular atenção à legibilidade noturna: neste modelo foi feita uma generosa aplicação de Superluminova em índices, numerais e ponteiros; e, no modelo 6892-5, todo o mostrador é luminoso à noite, com  legibilidade dada por contraste (algo que a marca já tinha feito no modelo Eurofighter).

Com este modelo, a Junkers é uma das primeiras marcas do mundo a criar um relógio baseado no novo movimento suíço ETA G10.962, o qual incorpora funcionalidades de cronógrafo com um indicador de fuso horário. A conjugação deste movimento nesta caixa de 42 mm resultou num grande equilíbrio, com os sub-mostradores do cronógrafo às 2H00 e às 6h00, janela de data às 4h00 e o já referido indicador de fuso horário às 10h00. A caixa inclui ainda uma coroa protegida e o poussouir start/stop do cronógrafo anodizado a vermelho.

O indicador de fuso horário pode ser usado como tal – indicando, literalmente, um segundo fuso horário, o que é útil para quem viaja frequentemente mas também para quem tem negócios com clientes noutros países, de forma a podermos saber rapidamente que horas são noutras paragens. Contudo, este indicador pode ter uma funcionalidade alternativa: caso seja sincronizado com o fuso horário corrente, serve de indicador de 24 horas.

O preço, em Portugal, é de apenas €299 para qualquer uma das variantes, o que me parece uma enorme pechincha para o que aqui nos é oferecido.

Sem comentários :

Enviar um comentário