sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Bulova Accutron II

Bulova Accutron II
Fundada em 1875 nos Estados Unidos, a Bulova faz parte do grupo japonês Citizen desde 2008, embora mantenha uma linha de produtos com identidade própria, como aliás é habitual nas sub-marcas do grupo.

anteriormente falei aqui de vários modelos da marca, todos eles com uma boa relação preço/qualidade, que é também algo que encontramos aqui neste Accutron II com a referência 96B210. Já vamos ao movimento, que é uma das particularidades deste relógio, mas gostaria de começar pelo desenho global do relógio: este é um dos raros casos em que estamos na presença de um relógio que pode ser usado em praticamente qualquer circunstância.

O mostrador simples e legível, a elegante caixa de 43mm, a bracelete em aço – tudo aqui nos permite olhar para o modelo quer do ponto de vista de um moderno dress watch como de uma máquina para usar todos os dias, ou até mesmo para dar um mergulho – a caixa é estanque até 20 atmosferas (200 metros) e o bisel interno é rotativo com coroa própria. As coroas são de rosca e o fundo é igualmente roscado.

A verdade é que é raro encontrar um relógio com um desenho tão equilibrado que nos ofereça uma máquina capaz de desempenhar o seu papel de forma perfeita nas mais diversas condições. Em termos de acabamento, diria que apenas lamento a falta de um vidro de safira – o que aqui temos é vidro mineral curvo – mas pelo preço que a marca pede, também seria pedir demais.

Quanto ao movimento, este é um relógio de quartzo mas diferente de todos os outros. A tecnologia Accutron utiliza um oscilador UHF (Ultra Alta Frequência) de 262 kHz (contra 32 kHz nos quartzo tradicionais) que permite um deslocamento absolutamente suave e contínuo do ponteiro dos segundos – enquanto no quartzo tradicional há um movimento passo-a-passo (o ponteiro salta de segundo a segundo), aqui ele desliza suavemente sem quaisquer “saltos” perceptíveis; um movimento ainda mais suave do que num relógio mecânico. De acordo com a Bulova, o movimento Accutron é também muito mais preciso do que os movimentos de quartzo convencionais.

Este movimento exclusivo da marca é claramente um valor acrescentado ao relógio, que mesmo assim se consegue apresentar com um PVP bastante razoável, inferior a £300 – encontrei-o na Amazon UK por £295 + portes para Portugal.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Certina DS Powermatic 80

Certina-DS-Powermatic-80

Garante-me o meu amigo Fernando Correia de Oliveira, que de relógios sabe muito mais do que eu alguma vez poderei vir a saber, que há uma tendência da indústria para duplicar a autonomia dos relógios automáticos (que hoje anda entre e 38 as 42 horas no caso da maioria dos calibre suíços e japoneses mais comuns) para as 80 horas. A ideia é a de que podemos trocar de relógio a meio de sexta-feira e, quando o voltarmos a colocar no pulso, mesmo que tenhamos entretanto chegado a meio da segunda-feira seguinte, o relógio ainda não parou.

Muitos das manufacturas mais prestigiadas seguiram já este caminho desde há algum tempo – até porque se trata de um importante elemento de diferenciação – mas a sua implementação em movimentos mais acessíveis não é tão fácil. Ou, por outra palavras, é mais difícil de implementar mantendo o preço baixo. Neste sentido, não é de estranhar que seja o Grupo Swatch a mostrar novamente o caminho ao resto da indústria. Primeiro, em 2012, por intermédio da Tissot e dos primeiros modelos baseados no movimento Powermatic 80 e, mais recentemente, com o Sistem 51 (reserva de marcha de… 90 horas!) que, não sendo algo que me agrade, é sem dúvida um tour de force tecnológico e que prova que é possível implementar esta funcionalidade mesmo num price point muito baixo.

O relógio que vos trago hoje é também de uma marca do Grupo Swatch, a Certina, e que utiliza também o já referido movimento Powermatic 80 introduzido inicialmente pela Tissot no final de 2012.

Trata-se de um elegante dress watch com  a referência C026.407.16.087.00 e que é um entre as sete variantes da gama DS da marca suíça. O desenho do mostrador é muito elegante, com a conjugação de numerais apenas às 12, 3 e 9 horas e índices aplicados nas outras posições, e janela de data às 6H00. Nesta variante gosto sobretudo da conjugação do mostrador preto com a bracelete castanha (que não fica bem em todos os relógios) e o contraste com a caixa em aço inoxidável polido.

Esta é uma caixa com 40mm de diâmetro – uma medida segura num dress watch – com resistência à água de 10 atmosferas (100 metros) e vidro de safira antirreflexo.

O preço, na Amazon alemã, é de uns interessantes €535, o que não me parece excessivo para este nível de execução e, sobretudo, tendo em consideração a exclusividade do movimento usado.

domingo, 9 de agosto de 2015

Timex Expedition Uplander

Timex-Expedition-Uplander

Um entusiasta dos relógios nunca tem um relógio – tem muitos… E mesmo entre os que possuem peças de alta relojoaria na sua coleção não é raro encontramos outros relógios bem mais modestos. Até porque ninguém leva um Patek Philipe para a praia ou vai acampar com um IWC no pulso.

Essas são ocasiões onde um Timex não destoa e, pelo contrário, faz todo o sentido. Os leitores deste blog sabem bem o que penso sobre os Timex: não são particularmente bons, mas são suficientemente baratos para os considerarmos com uma excelente alternativa aos milhares de relógios de plástico baratos que encontramos por aí a pontapé.

Além disso, entre as centenas de modelos da marca, encontram-se relógios que além de muito baratos, são também bonitos (para o meu gosto, claro). É o caso dos modelos Uplander da coleção Expedition, entre os quais se encontra este que vos trago hoje, com a referência T49940SU.

É um relógio pensado para nos acompanhar em aventuras de exteriores, muito embora a resistência à água de apenas 5 atmosferas (50 metros) da sua caixa em resina sintética de 44mm significa que devemos ter algum cuidado com ele. Materiais sintéticos são também usados no mostrador (acrílico) e na bracelete preta (borracha sintética) .

O mostrador é muito bem desenhado, com numerais arábicos em todas as posições exceto às 3, 6 e 8 horas e dupla escala horária e de 24 horas. O bisel acrescenta uma escala de 60 minutos/segundos. Uma vez mais, a Timex usa aqui a sua tecnologia Indiglo de visibilidade no escuro (que ilumina todo o mostrador, permitindo uma leitora por contraste), muito embora tenha igualmente dotado os ponteiros de tratamento luminescente.

Não referi ainda, mas é claro que estamos na presença de um relógio de quartzo – neste caso com data às 3h00. Outra coisa seria improvável num relógio cujo preço de referência no site britânico Timex é de £50 mas que pode ser encontrado na Amazon UK por… metade do preço!

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

TechnoMarine Black Reef Collection


TechnoMarine
A TechnoMarine é uma marca com um posicionamento interessante – entre o lifestyle, a relojoaria e a moda – com modelos usualmente bonitos mas que sempre me pareceram demasiado caros para o que ofereciam. A coleção Black Reef, onde fui buscar este relógio com a referência 512001S, representa um compromisso interessante entre funcionalidade, estilo e preço.

Trata-se de um relógio de mergulho, resistente até 50 atmosferas (500 metros), o que lhe garante uma estanquidade em praticamente todos os cenários de utilização na água. A caixa, em aço, tem 45mm de diâmetro e o desenho do mostrador e do bisel foi particularmente bem conseguido nesta variante com detalhes em laranja (existem mais quatro modelos). O conjunto é completado com uma bracelete preta em silicone.

O único detalhe que me agrada menos é a janela de data às 6H00, que é demasiado pequena e destoa um pouco do conjunto. Uma lente à la Rolex resolveria o problema… De resto, todas as proporções estão muito boas, incluindo os ponteiros, índices e o logo da marca às 12H00 também a servir de índice – tudo com aplicação de superluminova para visibilidade no escuro.

O preço que encontrei online, na Amazon, é da ordem dos 200 euros, o que é muito bom mesmo tendo em consideração que este é um relógio de quartzo – neste caso baseado num movimento suíço Ronda 505. Contudo, esse é o valor para a loja nos EUA; o preço que encontrei nas lojas europeias da Amazon é bastante mais elevado.

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Maurice Lacroix Les Classiques Day/Date

Maurice-Lacroix

Há muitas razões para comprar e usar um relógio (e por isso é que coisas como o Apple Watch jamais destronarão o relógio de pulso convencional…). Entre essas razões pode estar o gosto em possuir e exibir uma peça elegante no pulso (no caso dos homens, o relógio é uma das poucas peças de joalharia que é considerado normal usar) e, se for de uma marca famosa, ainda melhor.

É certamente esse o caso deste Maurice Lacroix que hoje vos trago. Esta empresa suíça produz as suas própria peças e, nalguns casos, até os seus movimentos – a garantia de que estamos na presença de mais do que apenas uma “marca”. E significa também que os seus relógios não são propriamente baratos… Para encontrarmos modelos que se encaixem na filosofia deste blog precisamos de procurar entre as máquinas que utilizam movimentos de quartzo – como é o caso deste belíssimo Day/Date da coleção Les Classiques.

É um relógio extremamente bonito, especialmente nesta versão (referência LC1227-PVY11-130-2) com caixa em aço, bisel banhado a ouro e bracelete em pele castanha. O contraste entre o aço da caixa e o dourado do bisel casam na perfeição com o desenho do mostrador: índices aplicados nas posições horárias, grande janela de dia não abreviado às 12h00 e data às 6H00, ponteiros também dourados.

Este relógio, baseado num movimento de quartzo suíço de proveniência não especificada, possui uma execução de alto nível. A caixa, em aço, tem um diâmetro menor do que a foto deixa supor (38mm), o que lhe permite posicionar-se como dress watch quer para homens como para mulheres. O mostrador é protegido por vidro de safira e, apesar de tal não ser muito evidente na imagem, os ponteiros e os índices (mesmo na ponta) possuem tratamento luminescente para visibilidade no escuro.

O desenho intemporal deste relógio e o prestígio da marca garantem um investimento duradouro. O preço desta variante em particular ronda as £360 na Amazon UK – um valor justo mesmo para um relógio de quartzo e que se justifica pelo pedigree da marca.