sexta-feira, 15 de maio de 2015

Orient M-Force DV01


A Orient é lendária pelos seus "Mako", relógios estanques a 200 metros que são provavelmente os mais vendidos relógios de mergulho do mundo – o que não admira, quando sabemos que conjugam um fiável movimento mecânico automático com um preço inferior a €200! – e que foram dos primeiros a serem referenciados aqui no blogue.

O Mako continua a ser um dos relógios que está na minha wish list e que, mais dia menos dia, acabarei por adquirir. O movimento usado, o calibre 46943 da própria Orient, é um movimento lendário, que já cumpriu mais de 40 anos desde a sua criação e que além das funcionalidades básicas (horas, minutos, segundos) oferece ainda dia e data às 3H00.

Contudo, é um movimento que carece das funcionalidades mais sofisticadas que estamos habituados a encontrar em calibres automáticos modernos, nomeadamente a paragem de segundos (quando se puxa a coroa, para facilitar o acerto da hora) e a possibilidade de criação manual da reserva de marcha. Nesse sentido, é muito semelhante ao movimento usado nos Seiko 5, criado cerca de 10 anos antes, e que consiste igualmente num mecanismo automático simples, mas com dia e data.

Mas, para quem procura algo mais, a Orient tem também um outro relógio de mergulho, o M-Force. Esta série, além de possuir uma construção mais cuidada do que o Mako, incluindo mostrador com vidro de safira, é baseada em movimentos diferentes. É o caso do modelo DV01 que hoje vos trago, com caixa e bracelete em titânio e que utiliza o movimento 4075A. Ao contrário do referido 46943, este calibre automático oferece apenas data (e não dia e data) às 3H00, mas tem a vantagem de já poder receber corda manual e ter paragem de segundos.

A caixa, apesar de manter a mesma estanquidade de 200 metros, tem uma construção  mais sofisticada e é, além, disso, maior: 47mm contra 41,5mm do Mako.

O modelo DV01 possui três variantes:: uma delas é semelhante à da imagem mas com uma das escalas internas do mostrador em amarelo; e a outra é igual, apenas com a diferença de uma bracelete em borracha.

O preço de referência destes modelos – 880 dólares com bracelete em titânio e $750 com bracelete em borracha – é substancialmente mais elevado do que o dos Mako, mas mesmo assim, parece-me bastante bom tendo em atenção a maior qualidade do conjunto.  Além disso, procurando bem, é possível encontrá-los em lojas online por valores bastante inferiores.

Sem comentários :

Enviar um comentário