segunda-feira, 13 de abril de 2015

Nomos Glashütte Metro


Ando já há uns tempos para escrever sobre os relógios da Nomos Glashütte, uma jovem empresa alemã que utiliza desenhos elegantes e originais e que é uma das poucas a ter criado movimentos in-house, como é o caso do calibre mecânico de corda manual que equipa este modelo que vos trago hoje: o Metro.

Trata-se de um elegante dress watch com uma caixa em aço relativamente pequena (37mm) mas com uma execução soberba que utiliza vidro de safira não apenas no mostrador mas também no fundo da caixa, para observação do movimento.

Além da simplicidade geral do desenho, a Nomos optou por criar uma escala horária cujos índices são apenas pontos e usar numerais árabes para a escala secundária de minutos/segundos. A data e os segundos descentradas surgem às 6H00 e, na posição da 1H30, surge uma pequena janela para indicar a reserva de marcha – especialmente útil tendo em consideração que este é um relógio de carga manual.

Como já referi, o calibre mecânico foi criado pela própria empresa (encontra aqui uma história mais completa) e incorpora um sistema de balanço original e patenteado.

O único problema é o preço. A Nomos não é uma marca de relógios B3 – entre o seu catálogo não encontramos modelos a menos de €1.000 – e, embora os valores pedidos não sejam estratosféricos, são efetivamente elevados. Este modelo em particular custa uns substanciais €2.680 a partir do website do fabricante

Sem comentários :

Enviar um comentário