quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Cadence Franklin

Cadence

Um leitor chamou-me a atenção para a Cadence, uma marca norte-americana baseada em Filadélfia que em vez de se por a inventar uma “back story” colorida assume de forma frontal as suas origens – algo que aprecio bastante. O que distingue a marca é a conjugação de um design cuidado e elegante conjugado com preços que até agora só encontrei em relógios de plástico (e mesmo assim…). O modelo da foto chama-se Franklin e custa (preparem-se…) apenas 30 (!) dólares.

Sim, leram bem – menos de €30. A marca vende a partir do seu próprio website e mesmo com portes ($8,99 para Portugal) e imaginando que iremos ter de pagar desalfandegamento, IVA e sabe-se lá que mais à entrada da fronteira, o resultado será sempre um relógio muito mais barato do que o seu aspeto sugere.

O que temos então por este preço? A Cadence garante que o movimento, obviamente de quartzo, é um fiável Miyota 2035 e o resto da execução parece-me mais do que correta não só para este preço, mas até para preços muito superiores. A caixa (com 42mm de diâmetro), o fundo e o bisel são em aço inoxidável; a bracelete, em pele, tem também fivela também de aço; e o vidro do mostrador é mesmo mineral e não plástico, como seria de supor numa peça tão barata.

Existem mais variações deste relógio, às quais a Cadence resolveu distinguir com diferentes designações: um modelo com caixa e mostrador dourado, particularmente horrível (para o meu gosto, claro), chama-se Brixton e custa os mesmos 30 dólares; uma variante com mostrador e caixa iguais mas bracelete em aço chama-se Bensen e custa mais 10 dólares; mais 10 dólares, para um total de 50, pagam o modelo Winston, com caixa e bracelete em aço com revestimento a PVD negro.

É óbvio que estamos na presença de um relógio que, se e quando avariar, vai para o lixo (mesmo que esteja na garantia, o custo de o devolver ao fabricante não compensa), mas pelos preços que a marca pede, este é um risco que vale a pena correr.

Sinceramente, se está no mercado à procura de um relógio elegante para usar em ocasiões formais mas não quer gastar muito dinheiro, é difícil pensar em algo que possa bater esta proposta. Se mandar vir um para si, depois conte-nos como foi! :-)

2 comentários :

  1. Exmo. Senhor.

    Sendo a primeira vez que aqui publico um comentário, aproveito a oportunidade para o felicitar pela qualidade das análises e o conhecimento que partilha com a comunidade de leitores.

    Sou um leitor do RelogiosPT há já um par de anos e, há cerca de 2 meses e meio, resolvi seguir um dos seus conselhos, balizado também pelo critério "se correr mal, fica a experiência para contar".
    Todavia ela correu bem e tem a ver com a minha primeira aquisição no site da marca Cadence. Adquiri dois modelos, o mencionado Franklin e o cronógrafo Duarte.

    Quanto ao aspecto global do Franklin, as suas descrições estão absolutamente correctas: o relógio tem um acabamento muito bem conseguido, transmitindo ao utilizador uma elegância que não se encontra neste nível de preços.
    O acabamento cromado da caixa, a qualidade das marcações horárias e, por exemplo, o fino chanfro existente no vidro estão superiormente executados. É sem dúvida um dress watch imbatível, reminescente de designs minimalistas ao melhor estilo de Dieter Rams ou da Nomos, no caso concreto de uma marca "high-end". Quanto ao resto, teremos que esperar pelo desgaste normal de alguns elementos, sendo que, se a pele genuína da bracelete não for excelente, será de fácil substituição (ainda que com um custo igual ou superior ao do próprio relógio...).

    O modelo Duarte "veste" um pouco maior que o esperado mas, numa opinião puramente pessoal, isso acabou por ser uma boa surpresa. Suponho que um observador mais atento possa notar que o relógio não é um Swatch ou um One e, mais uma vez para este nível de preços, só esse "mistério" já compensa parte da aquisição.
    Pontos a favor:
    - legibilidade da tipografia utilizada
    - funcionalidade dos cronógrafos
    - extrema suavidade da bracelete de silicone, sem dúvida a melhor ao toque de entre os relógios que tenho com este material

    Pontos contra:
    - qualidade mediana da tampografia na escala taquimétrica
    - ponteiros demasiado cromados; uma tonalidade de "aço escovado" dar-lhe-ia, suponho, um aspecto mais premium
    - luminescência de elementos apenas nos ponteiros das horas e minutos; deveria existir também nos algarismos.

    Quanto ao processo de importação, talvez seja esta a informação mais útil para os leitores.
    - A compra foi efectuada a 29 de Abril, sendo que chegou a Portugal no dia 13 de Maio.
    - Por incrível que pareça, recebi os relógios ontem, a 4 de Julho, portanto quase dois meses para desalfandegamento em Lisboa...
    - Preços: Franklin $29,99 USD / Duarte $23,99 USD
    - Portes de envio: $ 8,99 USD pelos dois
    - Desalfandegamento em Portugal: €24,90 pelos dois
    Assim, o Franklin ficou por €43,36 EUR e o Duarte por €37,98 EUR.

    Obrigado e sucessos para este Blog e toda a comunidade de leitores!
    RMPedro

    ResponderEliminar
  2. Olá Pedro.
    Muito obrigado por partilhar connosco a sua experiência!

    Abraço,
    António

    ResponderEliminar