segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Tissot Seastar 1000 Professional Automatic Chronograph Valjoux

Este Tissot Seastar 1000 Professional (ref.ª T066.414.17.057.00) pode não ser "B3" mas merece uma referência pela invulgar integração do movimento cronógrafo automático ETA 7750 (a.k.a. Valjoux) num relógio de mergulho – o que resulta num relógio que nem sequer é tão caro como seria de supor.

Pode dizer-se que este não é um relógio para toda a gente, não apenas pelo seu preço, mas pelas suas dimensões: a caixa tem 49mm de diâmetro, o que significa que não irá ficar bem no pulso de qualquer pessoa.

Em termos de características e funcionalidades, a Tissot criou um verdadeiro relógio de mergulho – completo com resistência até 30 atmosferas / 300 metros de profundidade – onde encontramos o tradicional bisel rotativo para controlo do tempo de mergulho, uma cora de rosca para garantir que a estanquidade anunciada é também real, e até uma válvula de hélio para descompressão automática.

Os ponteiros principais (minutos e segundos) bem como os índices e numerais (apenas às 12H00 e 6H00) têm tratamento luminescente e o mostrador é protegido por vidro de safira. A pulseira de borracha possui fivela e extensão para facilitar a sua utilização por cima das mangas dos fatos de mergulho.

Escrevi no início que este é um relógio que não é tão caro como seria de supor. Digo isto porque um cronógrafo baseado no ETA 7750 mas sem quaisquer características especiais, nunca fica por menos de €800. O facto de este movimento ter sido integrado num relógio de mergulho sem compromissos e a Tissot pedir cerca de €1.600 pode ele parece-me, por isso, bastante razoável.

Sem comentários :

Enviar um comentário