sábado, 30 de agosto de 2014

Citizen Eco Drive BV1085-14E



O Citizen BV1085-14E é um interessante membro da família de movimentos de quartzo Eco Drive da marca japonesa. A sua faceta mais original é a utilização de um mostrador com escala principal tipo "B", ou seja, os numerais mais evidentes são os que assinalam os minutos e não as horas – as quais surgem numa escala concêntrica com bastante menos visibilidade e destaque.

É uma abordagem típica dos relógios de aviação, reminiscente dos modelos usados pelos navegadores dos bombardeiros da Segunda Guerra Mundial, para quem era mais importante a medição dos minutos do que a visualização da passagem das horas.

Neste caso, o desenho é ainda equilibrado por um mostrador de pequenos segundos às 6H00 e uma janela de data às 3H00, sendo que houve o cuidado para que nenhuma destas funcionalidades beliscasse minimamente a leitura da escala principal, como muitas vezes acontece – sobretudo com janelas de data que por vezes se substituem à posição de índices e numerais.

Este equilíbrio é sem dúvida facilitado pelo facto de este ser um relógio razoavelmente grande, com uma caixa que tem 43mm de diâmetro. Mas o resto da execução é também muito boa, especialmente para um relógio que pode ser adquirido online por apenas €160: mostrador com vidro mineral; aplicação de material luminescente em ponteiros, índices e numerais; revestimento da caixa em PVD negro; bracelete de lona; e resistência à água até 100 metros.

Uma variação interessante, com a referência BV1085-22H, troca o mostrador negro por cinza escuro com contrastes em laranja (em vez de branco) e branco (em vez de amarelo).

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Torgoen T32103



anteriormente falámos da Torgoen, uma jovem empresa norte-americana que se aventura no mundo da relojoaria com alguns modelos originais e outros – como é o caso deste T32103 – apenas simples mas elegantes.

As referências aeronáuticas são evidentes neste relógio em particular, criado para comemorar o aniversário da fundação da força área dos EUA pela general Billy Mitchell e que se inspira nos instrumentos do bombardeiro B-25 Mitchell. É algo que ainda apenas há alguns posts atrás vimos pelos lados da Citizen e da Seiko, mas que aqui tem a vantagem, para os entusiastas, de ser baseado num movimento mecânico automático suíço Valanvron 24 com data às 4H00 (a Valanvron é, tal como a Sellita, uma das alternativas helvéticas à mais conhecida ETA).

A caixa em aço com acabamento acetinado tem 43mm de diâmetro e é protegida por vidro de safira – um material igualmente usado no fundo de observação do movimento.

A execução é toda ela muito cuidada, com pormenores como os pespontos laranja que rematam a bracelete em pele e que são da mesma cor do ponteiro dos segundos. Grande atenção foi também dada à aplicação de material luminescente aos numerais, índices e ponteiros, para uma excelente legibilidade noturna. Outros toques de diferença incluem uma placa em aço aparafusada na parte lateral da caixa às 9H00 e que tem o modelo e número de série do relógio.

O preço é de $680 a partir do website da Torgoen.

Encontra uma análise detalhada a este relógio aqui.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Omega Speedmaster Professional


O Omega Speedmaster Professional é muito provavelmente o mais reconhecível cronógrafo do mundo da relojoaria. Embora existam hoje vários modelos da marca que ostentam o nome "Speedmaster Professional", a referência 311.30.42.30.01.005, que é o objeto deste artigo, é conhecido por Moonwatch – literalmente, o Relógio da Lua – e é o relógio que mais se aproxima dos que foram usados originalmente pelos astronautas do programa Apollo.

Este modelo, lançado pela primeira vez em 1957 e certificado no dia 1 de Março de 1965 como habilitado a ser usado em todas as missões tripuladas da NASA, é também usado por todos os cosmonautas russos desde 1970.

O atual Speedmaster Professional Moonwatch não é uma réplica exata do relógio usado pelos astronautas dos EUA que foram à Lua em 21 de Julho de 1969, mas sim uma versão melhorada. No entanto, foram mantidas algumas das características mais icónicas do original, como é o caso do mostrador de Hesalite (vidro acrílico inquebrável), um requisito essencial para missões no espaço, onde a eventual quebra do mostrador em mil pedaços pode constituir um sério problema.

Também as proporções são as mesmas. Apesar de a Omega ter criado uma versão de 44,25mm, mais de acordo com as atuais tendências do mercado (e que inclui data às 6H00), o modelo 311.30.42.30.01.005 mantém a caixa de 42mm de diâmetro do original.

O movimento usado é o calibre 1861, um cronógrafo de carga manual (o rotor de um movimento automático não funcionaria no espaço, devido à ausência de gravidade) que representa apenas uma pequena evolução face ao calibre 321 (alterado em 1968 para o calibre 861) usado no relógio original. A alteração mais sensível prende-se com os materiais usados, que passaram a ter um acabamento de ródio.

O preço de referência deste relógio é de cerca de €3.900. O Speedmaster Professional é vendido numa caixa especial que inclui ainda uma lupa, uma medalha comemorativa, uma bracelete contínua (tipo NATO) de poliamida com fecho de velcro como a usada pelos astronautas sobre os seus fatos e ferramenta para substituição da bracelete.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Luminox Atacama Field Day Date 1920 Series A.1921



A Luminox foi das primeiras marcas de relógios a utilizar tubos de trítio nos mostradores dos seus modelos, de tal forma que essa é hoje a sua principal imagem de marca e fator de diferenciação, com a tecnologia a ser usada em toda a sua gama. Ao contrário da aplicação de materiais foto-luminescentes, como é o caso da Superluminova, os tubos de trítio brilham de forma permanente, sem necessidade de uma exposição prévia à luz.
A empresa, que tem origem nos EUA, utiliza movimentos suíços automáticos ou de quartzo nos seus relógios. Todos os modelos têm inspiração militar, com as gamas a serem divididas em quatro grandes grupos: Sea, Air, Land e Space.
O relógio que trago hoje pertence ao grupo Land. Trata-se do modelo A.1921 da gama Atacama Field Day Date 1920 Series e é baseado num movimento de quartzo suíço Ronda 517 com dia e data modificado – o movimento de referência tem dia e data às 3H00 mas, neste modelo, a janela do dia passou para as 9H00.
A execução é feita no mais puro estilo militar: caixa em aço de 45mm, revestimento PVD em cinza escuro (“gun metal”), escala principal com numerais árabes brancos com grande visibilidade, escala secundária de tipo militar (24 horas), resistência à água de 20 atmosferas (até 200 metros) e vidro de safira.
Isto, claro, além da já referida aplicação de tubos de trítio aos índices e ponteiros, para visibilidade permanente.
O preço do conjunto (pesquisa online) ronda os €400, o que não sendo propriamente barato para um relógio de quartzo, parece-me justo para os materiais usados e o nível de acabamento aparente. Existem variações sobre este modelo com diferentes cores da caixa, do mostrador e das pulseiras de pele – incluindo bracelete em aço.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Citizen AW0010-01A e AW0015-08E

Citizen-AW001x

A coleção Gents Dress da Citizen inclui vários modelos que considero interessantes pela sua simplicidade e elegância – além do preço razoável, claro.

É o caso dos modelos AW0015-08E, com caixa em PVD preto, e AE0010-01A (igual, mas em branco/prata), com movimentos de quartzo Eco Drive.

Ambos têm caixas em aço com 42mm de diâmetro e um mostrador bastante bonito, com numerais árabes nas horas pares e índices nas ímpares. O deslocamento da janela de dia e data da habitual posição das 3H00 para as 4H00 ditou também a mudança da coroa para a mesma posição.

Outra originalidade pode ser encontrada na forma das asas e na forma como elas prendem as braceletes – de pele preta em ambos os casos.

Mas deixo para o fim o melhor: o preço. Em Portugal, é possível encontrar o modelo branco por €139 e o preto por €149.

domingo, 24 de agosto de 2014

Hamilton X-Wind Auto Chrono H77616533

Hamilton H77616533A Hamilton é uma marca do Grupo Swatch que está posicionada imediatamente a seguir à Tissot. Gosto de quase todos os seus modelos, arrumados em  dois grandes grupos – American Classic e Khaki – a partir dos quais existem depois outros subgrupos. Este original cronógrafo pertence ao subgrupo Aviation da coleção Khaki.
Existem várias referências deste modelo, com variações de mostrador e bracelete, mas gosto sobretudo do H77616533 com bracelete em pele castanha. Trata-se de um relógio cujo preço de referência é da ordem dos €1.200 ($1.595 é o valor na loja oficial dos EUA) mas que é possível encontrar nalgumas lojas online  por menos de €1.000 – um preço excelente para o que aqui nos é oferecido.
E o que temos então? Este relógio em aço com 45mm de diâmetro possui um calibre H-21, uma versão modificada do movimento cronógrafo mecânico automático ETA 7750 (a.k.a. “Valjoux 7750”) na qual as janelas de dia e data foram recolocadas às 9H00, no lado oposto ao que é habitual, trocando de lugar com o mostrador de pequenos segundos. 
As alterações da Hamilton ao ETA 7750 que resultaram neste calibre H-21 permitem também oferecer uma autonomia melhorada – cerca de 60 horas contra uma reserva de marcha habitual da ordem das 42 horas.
O resto da execução é bastante cuidada e inclui mostrador com vidro de safira, resistência à água até 100 metros e fundo para observação do movimento em vidro.
O nome deste relógio – “X-Wind”, uma abreviatura de “Cross Wind”, ou seja, “vento cruzado” – deriva de mais uma funcionalidade pouco comum: um calculador de ângulos de deriva do vento, útil para pilotos e co-pilotos de aeronaves, que funciona através de três biséis rotativos, dois interiores e um exterior.
Esta função originou a necessidade de uma outra alteração, que empresta uma originalidade adicional ao relógio: enquanto a coroa principal e os poussoirs do cronógrafo foram deslocados para o lado esquerdo da caixa, as duas coroas que vemos do lado direito destinam-se na verdade a mover os dois biséis interiores rotativos; o terceiro bisel, exterior, pode ser movimentado diretamente.
Tenho a certeza de que 99% dos compradores deste relógio jamais irão necessitar de calcular o ângulo dos ventos cruzados (e os 1% que precisarão, provavelmente terão outras ferramentas para o efeito…) mas que o resultado é um bonito e invulgar cronógrafo automático, disso estou certo!

sábado, 23 de agosto de 2014

Aviator Professional

Aviator ProfessionalDesde que os movimentos de quartzo proletarizaram a medição dos tempos intermédios que os cronógrafos se mantêm como um dos tipos de relógios (senão o tipo) mais populares do mercado. O problema? A profusão de modelos torna difícil criar relógios verdadeiramente originais – os cronógrafos acabam por ser todos muito parecidos uns com os outros.
Por aqui, tento sempre salientar cronógrafos que, por uma razão ou outra, me parecem ter uma estética um pouco diferente ou características distintivas. E é esse o caso deste Aviator Professional.
A sua característica diferenciadora são os poussoirs de grande dimensões colocados acima e abaixo da coroa principal em posição horizontal – o que contribui para uma operação mais prática da função cronógrafo. O poussoir vermelho/amarelo (consoante os modelos) comanda o arranque a paragem do cronógrafo enquanto o preto é o botão de reposição (reset).
É algo que já tínhamos visto numa outra criação da Aviator, o Axiom, no tempo em que a marca usava ainda ainda movimentos Poljot de fabrico russo. Mas não só este Aviator Professional é muitíssimo mais bonito, como utiliza um movimento suíço, o calibre Ronda Startech 5040.D que a marca modificou para alterar os poussoirs de comando, tendo aproveitado para alterar também a posição da janela de data, habitualmente às 4H00, que aqui passou para as 6H00.
Este Aviator tem uma execução de elevado nível. A caixa de 43mm de diâmetro, estanque até 100 metros, é protegida por vidro de safira com revestimento antirreflexo; os ponteiros e índices têm tratamento luminescente e o fundo roscado, em aço, exibe um alto-relevo de uma formação de quatro MIG 29 – um piscar de olhos à esquadrilha de acrobacia Swifts, da qual a marca é cronometrista oficial, e que usa exclusivamente este tipo de aeronaves nas suas demonstrações. O conjunto é complementado por uma pulseira em borracha preta com fivela em aço.
A Aviator criou quatro variações do modelo Professional, a partir de diferentes cores da caixa (em aço inox escovado ou com revestimento PVD negro) e dos ponteiros/poussoirs (em amarelo ou em vermelho). As referências com caixa em aço inox escovado têm um preço sugerido de cerca de €697; os modelos com caixa revestida a PVD negro têm um PVP sugerido de €738 (PVPs de referência do distribuidor português, a SRI).

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Citizen BM8475-26E

Mais um relógio simples, barato e bonito da gama Eco Drive da Citizen. Este modelo de estilo militar tem a referência BM8475-26E e vem com um preço de referência na Europa de £139, podendo ser encontrado por pouco mais de €100 online.
Marcas japonesas como a Citizen, a Seiko ou até a Casio têm centenas de relógios em catálogo – um pouco de tudo para todos os gostos – mas é quando produzem estes relógios mais simples e elegantes que conseguem criar algo que me chama verdadeiramente a atenção.
O equilíbrio do mostrador, incluindo as cores (laranja sobre preto) agrada-me muito. A escala principal com numerais árabes às 12, 3, 6 e 9 horas é complementada com uma escala de tipo militar (24 horas); às 3H00 temos uma janela de dia e data.
O movimento de quartzo é alimentado pela luz do solar, como acontece com todos os outros movimentos Citizen Eco Drive.
A caixa é maior do que a foto pode sugerir – 42mm – e o acabamento em PVD negro dá-lhe um ar utilitário e masculino, bem complementado pela bracelete em pele castanha. O fundo roscado contribui para uma resistência à água de 10 atmosferas (100 m).

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Longines 24H Single Push-Piece Chronograph

lon24mono1[1]

Uma das razões pelas quais este blog existe é para chamar a atenção para a quantidade de opções existentes no mundo da relojoaria a preços razoáveis – não é preciso gastar muito para termos no pulso uma peça bonita, elegante e de qualidade. Além disso, à semelhança do que acontece em muitos outros sectores, pagamos muitas vezes pela marca quando é possível termos um produto semelhante, ou até mesmo melhor, por menos dinheiro.

Mas também é preciso reconhecer que há relógios que custam muito dinheiro porque nos propõem algo de verdadeiramente diferente e único, que dificilmente poderá ser emulado pela concorrência, e que têm um preço elevado porque não podem tirar partido de uma produção em larga escala. Não é todos os dias que encontro exemplos de que valha a pena falar, mas este é um desses dias.

O Longines 24 Hours Single Push-Piece Chronograph é uma peça que replica as linhas de um dos relógios de piloto da marca dos anos 50. Trata-se, como o nome indica, de um cronógrafo (o ponteiro de segundos principal serve para medir lapsos de tempo; a medição em permanência é assegurada pelo ponteiro de pequenos segundos às 18H00) cujo controlo é feito através de um poussoir único. O relógio possui uma outra particularidade: indica as horas através de uma escala de 24H00 completa.

Trata-se de uma peça que não é para todos apenas pelo preço elevado (que não foi ainda anunciado à data em que escrevo este artigo, mas que será sempre elevado para o que consideramos como razoável por estas bandas…) mas também pelas grandes dimensões: a sua caixa em aço tem 47,5mm de diâmetro.

Este modelo utiliza um movimento mecânico automático L789 que integra um cronógrafo de roda de colunas e que a Longines diz ter sido produzido especificamente para a marca, sendo uma adaptação moderna do seu próprio movimento de poussoir único.

Além da função de cronógrafo e da indicação de hora numa escala de 24H00, o relógio possui o já referido ponteiro de pequenos segundos às 9H00 (18H00, neste caso!) bem como uma pequena janela de data às 6H00 (12H00, na verdade…).

Uma das particularidades que mais me agrada é a execução do mostrador e a forma como os designers da Longines conseguiram criar de forma harmoniosa as escalas de 14H00 e de 60 minutos/segundos, bem como a forma elegante do mostrador de pequenos segundos, que cumpre com a sua função sem interferir na leitura da escala horária.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Timex Expedition Scout

Timex Expediton ScoutOs leitores já sabem o quanto por aqui gostamos dos Timex. Não é por serem particularmente bons, mas a verdade é que entre as centenas de modelos da marca é possível encontrar boas alternativas – e até mais baratas – aos relógios fashion em que tropeçamos todos os dias.
Em particular, a gama Expedition inclui relógios  despretensiosos e acessíveis, entre os quais encontramos estes três modelos. Trata-se dos Expedition Scout com as referências (da esquerda para a direita) T499629J, T499639J e T499619J. O primeiro e o último têm braceletes de tecido e o restante possui uma bracelete em pele.
O tema aqui é claramente “aventura” (“Scout” é a palavra inglesa para “Escuteiro”) e todos estes relógios oferecem o básico num pacote bem desenhado. Tal como acontece nos Timex mais baratos, a caixa não é em aço mas sim em latão, um metal mais leve e fácil de trabalhar, mas também menos resistente, embora a marca nos ofereça um mostrador com vidro mineral e não em plástico.
A caixa tem 40 mm de diâmetro e pode receber braceletes standard com 20mm de largura. O mostrador tem uma escala principal de 12 horas com números árabes, bem visíveis e contrastantes com a cor do fundo, e uma segunda escala “militar” de 24 horas, a qual é apenas interrompida às 3H00 com uma janela de data, provavelmente o pormenor que menos me agrada – o facto de os números da data serem do mesmo tamanho e estarem alinhados na escala militar pode originar alguma confusão – embora não seja certamente um “deal breaker”.
A marca indica resistência à água de 50 metros (dizendo que isso significa que pode nadar com ele, algo que eu desaconselho em absoluto!) e, apesar do preço acessível, a Timex incluiu aqui a sua tecnologia Indiglo de iluminação noturna do mostrador, o que faz sentido caso esteja seja o seu companheiro escolhido para acampar.
Qualquer um destes modelos custa apenas cerca de €40 e pode ser encontrado em inúmeras lojas físicas e online.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Casio Edifice EFB-500D

EFB-500DPoucos movimentos fazem o coração de um amante dos relógios bater tão depressa como um ETA Valjoux 7750, com o seu layout de cronógrafo típico e janela de dia e data às 3H00. Infelizmente, os preços elevados colocam os relógios baseados nestes calibres fora do alcance da maioria dos entusiastas.
Aqui no RelógiosPT somos loucos por pechinchas, pelo que são várias as sugestões que encontrámos de cronógrafos com este movimento abaixo da barreira psicológica dos mil euros.
Mas para descermos mais temos de procurar alternativas (se é que lhes podemos assim chamar) entre os movimentos de quartzo. Ainda há pouco tempo mostrei um Bulova que bem poderia passar por um Valjoux 7750 mas que na verdade usa o excelente movimento japonês Miyota (Citizen) 0S00.
No entanto, há outra empresa japonesa que utiliza movimentos de quartzo com o mesmo layout: a Casio, de que no passado já dei um exemplo.
Hoje trago aqui outro exemplo da Casio, encontrado entre a elegante coleção Edifice, a referência EFB-500D que existe em duas versões – EFB-500-1AV, com mostrador preto e cinzento; e o EFB-500-5AV, um pouco menos discreto, em que o cinza foi trocado pelo dourado.
O movimento usado é designado por Casio module 5226 embora o mais certo é que se trate de um Miyota 0S00 modificado, dadas as semelhanças entre ambos – incluindo a mesma precisão e a utilização de pilha com a mesma referência.
Em qualquer dos casos, estamos na presença de relógios com uma belíssima execução: caixa em aço com 43,4 mm de diâmetro, bracelete igualmente em aço (com fecho rápido de três dobras), coroa e fundo de rosca, resistência à água até 100 metros e… mostrador protegido por vidro de safira.
O preço de referência online é de cerca de €200, um valor excelente para um relógio tão bonito produzido com materiais nobres e um movimento de qualidade com provas dadas.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Swatch The Capt YGB7001

B_YGB7001-SWATCH-THE-CAPT[1]

Um “três ponteiros” suiço com com dia e data por apenas €80? Sim, é possível: o Swatch The Capt (ref.ª YGB7001) da coleção Irony é exatamente isso.

Este relógio de quartzo com caixa em alumínio (não estava à espera de aço num Swatch de menos de €100, pois não? Sorriso) exibe um estilo militar através de um mostrador de grande visibilidade com numerais árabes e uma bem dimensionada janela para dia e data às 3H00.

A utilização de uma bracelete em material têxtil reforça o estilo marcial (lembrando, sem o ser, as braceletes bicolores tipo NATO) a que não falta um índice de triângulo invertido na posição das 12H00, tipicamente usado nos relógios de mergulho – muito embora este seja um relógio com uma resistência à água de apenas 3 atmosferas, que é como quem diz, não tem resistência à água para além de poder andar no pulso do seu proprietário à chuva…

O resto é a execução habitual dos Swatch Irony em formato “Big” (37,4mm de diâmetro), incluindo o mostrador protegido por material acrílico (plexiglass).

Note-se que o preço de referência de €80 praticado em Portugal é dos mais baixos em todo o mundo e prova uma vez mais que há marcas que não vale a pena comprar através da Internet – a Swatch é certamente uma delas.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Pulsar PU4029X1

1393861971-85115800

O catálogo da Pulsar, a segunda marca da Seiko, inclui excelentes exemplos de relógios B3 e, se a maioria utiliza movimentos de quartzo, encontramos alguns magníficos exemplares automáticos.

Um leitor deste blog chamou-nos a atenção de um desses exemplos, a referência Bristol PU4035X1, à venda em Portugal por apenas €129. Mas entre a coleção de 2014 da marca encontrei um outro que me agrada ainda mais, um elegante dress watch com a referência PU4029X1

É um típico “três ponteiros” com data às 3H00, caixa de aço de 42mm de diâmetro, bracelete em pele castanha e que exibe um bonito mostrador branco/prata com índices nas posições horárias.

O website oficial indica que o fundo da caixa é de vidro para observação do movimento, um pormenor que me agrada tanto mais quanto este é um relógio que pode ser encontrado online por cerca de €100 (£85) – uma verdadeira pechincha e uma excelente porta de entrada para o maravilhoso mundo dos relógios mecânicos.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Throne 1.0

Throne 10

anteriormente falei da Throne, uma empresa americana sediada em Nova Iorque, mais precisamente em Brooklyn, e cujo conceito negócio consiste em “reciclar” velhos (e baratos) relógios, dotando-os de braceletes feitas à mão.

Contudo, a partir de hoje e no seguimento de uma bem sucedida campanha de crowdfunding, a empresa lançou o seu primeiro relógio de marca própria, apropriadamente chamado Throne 1.0.

Felizmente, a Throne manteve-se fiel aos seus princípios e criou uma peça simples e elegante à qual aplicou as suas famosas braceletes em pele. Numa caixa em aço com 40mm de diâmetro e mostrador protegido por vidro de safira foi colocado um movimento quartzo suíço Ronda 1004.

O relógio é montado pela própria Throne nas suas oficinas em Brooklyn e, além da variação da foto, em branco/dourado, o Throne 1.0 está também disponível com o mostrador em preto/prateado. 

O processo de pré-encomenda através do Kickstarter terminou hoje. Para quem participou na iniciativa, foi possível investir apenas 300 dólares para receber um destes relógios que terão depois um preço de $450 – ainda assim, razoável para o que nos é aqui oferecido.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Seiko SNE343P9 V158

Seiko-SNE343P9

À procura de um relógio bom, bonito e barato? É difícil falhar apontando para este modelo da Seiko. Com um preço de referência inferior a €200 (£179), este relógio pertence à coleção Solar da marca japonesa – isto é, a luz (natural e artificial) é recolhida através do mostrador e convertida em energia, evitando assim a mudança da bateria que alimenta o movimento de quarto – e adota um estilo militar ao mesmo tempo agressivo e despojado.

O resultado foi depurado numa caixa e bracelete em aço com revestimento PVD negro, índices e numerais brancos de grande dimensão e contraste com janela de dia e data às 3H00.

Este modelo apresenta dimensões generosas (43 mm de diâmetro) numa caixa com apenas 11mm de espessura e resistência à água até 100 metros (10 atmosferas). O mostrador é de vidro mineral, um material que a Seiko designa por Hardlex.

Num mundo de relógios pretensiosos (e há muitos modelos pretensiosos no próprio catálogo da marca!), este Seiko é uma lufada de ar fresco por um preço irresistível.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Steinhart Nav B-Uhr 44 Automatic, B-Type

3278287242012-NBU_B-44_01Este Steinhart tem um lugar especial no meu coração porque foi, indiretamente, a razão que me levou a criar este blog.

Depois de o “namorar” durante algum tempo, encomendei-o através do website da marca (a única forma de obter um Steinhart), depois de trocar alguns emails com a empresa e pedir que me colocassem uma bracelete diferente – algo que fizeram sem alterar o preço.

O que se passou a seguir é uma excelente lição não só para mim mas também para quem quer que pretenda adquirir um relógio através da Internet. Mas vamos por partes.

1. A troca prévia de mensagens com o website a partir do qual pretendemos adquirir um produto (seja ele um relógio ou outra coisa qualquer) é uma regra essencial do comércio eletrónico. Porquê? Porque se não sentir que do lado de lá existe alguém que o(a) ouça antes da compra, o mais provável é que certamente ninguém lhe dará ouvidos a qualquer problema que possa surgir depois de pagar.

2. As minhas expectativas eram elevadas e reconheço que, quando recebi o relógio, fiquei um pouco desapontado. A culpa não é do relógio, mas da imagem que dele fazemos com base nas (belas) fotos no site: este é um dos casos em que o produto é fotogénico mas o relógio em si não o é tanto…

3. Durante algumas semanas esforcei-me por gostar do relógio, mas tudo o que nele me parecia uma boa ideia foi exatamente o que tornou difícil viver com ele no pulso. Começando pelas dimensões, os 44mm estão no limite do que o meu pulso “aguenta” mas a espessura da caixa, de mais de 14mm, não ajudou. Também o mostrador “B-Type” (no qual a graduação dos minutos é a principal, com as horas a serem mostradas numa escala concêntrica com menor destaque) é interessante do ponto de vista do design mas requer alguma habituação.

No entanto, o que mais me custou a habituar foi a ausência de data – esteticamente funciona, tornando o mostrador mais limpo e elegante, mas em termos funcionais é algo que descobri que me faz mais falta do que imaginava. Resultado: tanto tentei gostar dele que deixei passar o prazo para o devolver mas acabei por vendê-lo na eBay sem perder dinheiro porque entretanto subiu de preço!

4. Globalmente, este é um relógio tipo “navegador” (no sentido de tripulante de bombardeiro da Segunda Guerra Mundial) belíssimo e com um preço ainda por cima bastante bom (€370) para um modelo com movimento mecânico ETA 2824-2 (mas no qual o disco de data não é usado) e mostrador com vidro de safira. Com base na minha experiência, este é um relógio altamente recomendável para quem procura este tipo de modelos. Além disso, a Steinhart revelou ser uma excelente empresa, com resposta rápida às solicitações e capacidade de acomodar pedidos adicionais (caso da bracelete diferente).

Contudo, o facto de ter decidido não ficar com ele prova os perigos de comprar pela Internet: mesmo quando parece que nada irá correr mal, podemos acabar por ficar desapontados – algo que não aconteceria se o tivéssemos experimentado numa loja.

Um relógio é algo muito pessoal em que o que é lindo para uns é uma monstruosidade para outros. Pior: o que nos parece fantástico numa foto poderá não funcionar no nosso pulso.

domingo, 10 de agosto de 2014

Marvin Malton Round M020.13.21.68

m020_13_21_68_backup
Marvin é uma manufactura relojoeira suíça fundada em 1850. A empresa manteve-se independente até 1970, quando foi integrada no grupo MSR. Só em 2007 é que a empresa voltaria a recuperar totalmente a sua independência, altura em que lançou diversas novas coleções de peças mecânicas e de quartzo com a sua estética clássica inconfundível.
Este Malton Round de quartzo, com a referência M020.13.21.68, é o meu preferido de uma coleção que inclui variações que não considero tão bem conseguidas. A coleção Malton Round integra também modelos mecânicos cujo preço já é um tanto excessivo para o espírito deste blog, mas que são também muito bonitos.
Este modelo é baseado num movimento suíço Ronda Mastertech calibre 7004 B com mostrador de pequenos segundos às 6H00 e grande data às 12H00 (com dupla janela) numa execução geral particularmente harmoniosa. A caixa em aço tem uns generosos 42mm de diâmetro e o mostrador é protegido por vidro de safira. Os índices às 12H00, 3H00, 6H00 e 9H00 bem como os ponteiros principais são revestidos a esmalte azul, o que contribui para a elegância do conjunto.
O pedigree da marca, a escolha dos materiais e elegância do resultado final contribuem para um preço que, sendo elevado para um relógio de quartzo, penso que se justifica. O valor de referência para este modelo é de 790 dólares.

sábado, 9 de agosto de 2014

Rossling & Co. Silver & White (Blued Hands)

Rossling & Co

A Rossling & Co é uma jovem empresa canadiana formada no final de 2013 após uma bem sucedida operação de crowdfunding.

Todas as promessas foram cumpridas e os primeiros relógios da marca estão agora disponíveis – e até com um preço inferior aos $250 que eram o valor-alvo inicialmente previsto.

Os elegantes dress watches da Rossling & Co disponíveis à data em que escrevo este post são todos variações do mesmo modelo: um deles têm um mostrador preto, e os outros dois têm o mesmo mostrador branco do modelo da foto, com a diferença na cor dos ponteiros – que podem ser prateados ou em azul.

De resto, as características técnicas e estéticas (e o preço, de apenas 179 dólares) são as mesmas: caixa em aço de 40mm e espessura de apenas 7mm, movimento de quartzo suíço Ronda 1069 com “small seconds” às 6H00, originais braceletes em tweed (revestidas pro dentro com pele) e… mostrador com vidro de safira – uma raridade nesta gama de preços.

A empresa vende e entrega na maioria dos países do mundo a partir do seu website.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Vostok N1 Rocket Tritium

NH25A-2254150b%20N1%20Bracelet-FULL%20[white%20background,%20layered]%20copy-XL

Praticamente todos os modelos da Vostok Europe constituem uma excelente relação qualidade-preço e merecem figurar entre o grupo seleto dos relógios B3.

Este N1 Rocket Tritium é um bom exemplo. Trata-se de um relógio com resistência à água até 200 metros baseado num fiável movimento automático Seiko NH35A, um calibre de última geração com data, rotor bidirecional, possibilidade de corda manual e paragem de segundos para facilitar um acerto mais preciso.

Face aos modelos Automatic da mesma coleção, os Tritium usam iluminação através de Trigalights, pequenos tubos de trítio que, ao contrário do revestimento luminescente tradicional com Superluminova, não carece de exposição prévia à luz para se tornar visível no escuro.

Todos os modelos N1 Rocket têm caixa de 46mm, mostrador com vidro mineral K1 de 4,5mm de espessura com tratamento antirreflexo e coroa de rosca. O modelo da foto tem a referência NH35A-2254150B e é o mais caro, pois tem não só caixa com revestimento PVD como ainda bracelete em aço – custa €519.

No entanto, é possível aceder à gama Tritium por apenas €344, que é o preço da referência NH35A-2254149S, a qual tem caixa em aço escovado e bracelete em silicone. Os modelos Automatic são um pouco mais baratos, tendo como diferença principal o tratamento dos ponteiros e índices com Superluminova em vez dos tubos de trítio.

A gama N1 Rocket Automatic começa nos €249, para referências com bracelete em pele – um preço particularmente competitivo para um relógio de mergulho automático com este movimento Seiko. Mais informações em www.sri.pt.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Casio EFM100-1AV

efm100-1av_xlarge

Não sou fã dos relógios digitais (embora tenha tido alguns, nos anos 80…) pelo que a atual tendência retro que tornou os Casio novamente “cool” pouco ou nada me diz.

No entanto, como os leitores deste blog sabem, já gosto bastante da gama Edifice da marca, onde encontro muitos modelos de boa construção, estética elegante e preço… Casio!

É o caso deste relógio de mergulho, muito simples mas onde não faltam dia e data bem como o obrigatório bisel unidirecional. Este modelo, com bracelete em borracha, tem um preço de referência de apenas $130, o que é bastante incrível para um relógio com estanquidade anunciada de 200 metros. Uma variante com bracelete em aço custa apenas mais 10 dólares.

Qualquer um destes modelos tem caixa em aço de 46mm de diâmetro e 12,5mm de espessura, fundo roscado, mostrador com vidro mineral e coroa de rosca – um requisito fundamental para um relógio que anuncia resistência a pressões de até 20 atmosferas.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Bulova Marine Star Collection

Bulova Marine Collection

De repente, parece que estamos na presença de cronógrafos baseados no movimento mecânico ETA (Valjoux) 7750 com dia e data às 3H00 mas ao descobrirmos que o preço de referência destes Bulova Marine Star Collection, com resistência à água até 20 atmosferas (200 metros) é de uns meros $450 cedo concluímos que se trata de relógios com movimentos de quartzo. O que, sendo o movimento usado um Miyota 0S00, nada tenho contra!

A verdade é que o desenho destes Bulova (referências 98C114 e 98C121) é muito bonito e equilibrado – gosto de qualquer um deles – e o preço é ainda mais competitivo online: uma pesquisa pela Amazon permite encontrar qualquer um dos modelos a menos de 200 dólares, o que é uma verdadeira pechincha, tendo em consideração não só o movimento mas a estanquidade anunciada.

Em termos de construção, são relógios relativamente grandes (46mm x 13,5mm), com caixa e bracelete em aço. A execução inclui ponteiros e índices luminescentes e um bisel exterior com taquímetro.

Está ainda disponível um modelo idêntico mas totalmente em preto, com bracelete em borracha, na coleção “Classic”.