sábado, 8 de fevereiro de 2014

Dicionário de relojoaria – “Fly-back”

GL-Flyback«Em francês, avec remise à zero ou retour en vol. Diz-se de um cronógrafo cujo ponteiro dos segundos pode ser parado (medindo-se um primeiro tempo) e posto imediatamente a zeros, recomeçando desde logo uma nova contagem, tudo isto premindo um botão. Foi inventado na segunda metade do século XIX por Henri Féréol Piguet, relojoeiro suíço a trabalhar em Londres. Era de especial utilidade para navegação aérea – os pilotos podiam fazer escalas com cálculos de tempos intermédios sem usar o método do cronógrafo normal (premir botão para contagem, premir botão para parar contagem, premir de novo para reiniciar contagem). Hoje, como grande parte das funções suplementares de um relógio, serve apenas para demonstrar a capacidade de uma manufatura em efetuar este tipo de complicação – sempre agradável de ver a funcionar. Persiste uma grande confusão entre as funções fly-back e ratrappante (com recuperador, em português; split seconds, em inglês). De uma forma simples, pode dizer-se que o fly-back usa apenas um ponteiro dos segundos ao centro, enquanto o ratrappante usa dois, sobrepostos.»
in Dicionário de Relojoaria, de Fernando Correia de Oliveira. Reproduzido com autorização do autor.

Sem comentários :

Enviar um comentário