quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Christopher Ward C9 Harrison Big Day-Date Automatic

c9bd-swt-christopher-ward_5A Christopher Ward começa bem o ano, com um novo e extremamente elegante dress watch baseado num movimento automático ETA 2836-2 modificado pelo artífice relojoeiro da casa, Johannes Jahnke.
O C9 Harrison Big Day-Date Automatic, assim se chama este novo modelo, segue de perto as tendências mais recentes do mercado, nomeadamente ao adotar um formato um pouco maior do (que era) habitual para relógios deste tipo – 43mm. O que a marca fez, para equilibrar o desenho sem com isso perder a harmonia das proporções, foi criar janelas de maiores dimensões para o dia e a data – daí a designação “Big Day-Date”.
A resultado, quanto a mim, é muito bom – este é um relógio que imaginaria perfeitamente no meu pulso – e com uma execução excelente, a qual inclui mostrador com vidro de safira, fundo transparente e bracelete em pele.
O relógio encontra-se em fase de pré-encomenda para entrega em Março de 2014. Contudo, a Christopher Ward começa a “esticar-se” um pouco nos preços à medida que cria relógios mais personalizados, com este modelo em particular a custar umas substanciais £650 – não digo que não valha o preço, mas será talvez demasiado para uma marca que vende diretamente através do seu website e cujos pergaminhos na relojoaria remontam a menos de uma década atrás.

Sem comentários :

Enviar um comentário