quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Steinhart Racetimer Blue

1709675253racetimer_blau_01[1]

Se excetuarmos os calibres proprietários dos fabricantes de alta relojoaria, o movimento ETA Valjoux 7750 (e o seu clone Sellita SW500) continua a ser dos mais cobiçados para a produção de cronógrafos automáticos.

A variação mais popular deste movimento, com data e hora às 3H00 é também a minha preferida. Mas a verdade é que entre cronógrafos desportivos e cronógrafos tipo “piloto”, as opções do mercado não oferecem variações estéticas significativas. O que é algo que a marca alemã Steinhart pretende resolver, com este seu Racetimer Blue. Normalmente, gosto de relógios mais simples e discretos, mas tenho de admitir que este modelo me “caiu no goto”, como se costuma dizer em Portugal.

Além da cor e da estética algo retro a lembrar glórias automobilísticas passadas, a Steinhart optou por outros fatores diferenciadores, como é o caso da caixa de 44mm em titânio que pode ser complementada quer com uma bracelete em pele (como na foto) quer com uma também em titânio.

O conjunto inclui um taquímetro montado numa luneta em aço e proteção do mostrador através de vidro de safira. O fundo, também em vidro (mas mineral) permite a observação do movimento, onde se destaca o rotor dourado com o logo da Steinhart.

Apesar da coroa principal e dos botões do cronógrafo serem de rosca, a marca não indica mais do que resistência à água de 5 atm, que é como quem diz que o relógio pode apanhar uns pingos de chuva mas nada mais.

O preço deste cronógrafo é o que o torna ainda mais apetecível: vendido através do site da empresa, custa €890 + portes de envio na versão com bracelete em pele. A opção pela bracelete em titânio encarece o relógio em mais €50.

Sem comentários :

Enviar um comentário