quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Wenger Commando Day Date XL 70160

70160_XL_Commando
Além da gama Swatch, não há na verdade muitas oportunidades de adquirirmos um genuíno relógio suíço – de uma marca tradicional suíça e com movimento de origem igualmente helvética – por um preço que eu considere ser acessível.
A Wenger é uma excelente exceção. Talvez já conheça a marca porque, a par da Victorinox (por quem foi adquirida em 2002, apesar de continuar a operar de forma independente) é uma das duas empresa autorizadas a produzir os genuínos “canivetes suíços”. E ambas possuem igualmente uma divisão que produz relógios… suíços, claro!
Qualquer uma destas marcas tem relógios com uma excelente relação preço-qualidade. Mas a Wenger aponta claramente para um segmento mais baixo do que a sua concorrente, com imensos relógios abaixo dos 200 euros.
É o caso deste modelo da gama Commando. É possível encontrá-lo à venda por cerca de 150 euros (média de pesquisa online), o que é uma verdadeira pechincha, mesmo tratando-se de uma peça com movimento de quartzo.
Este relógio de tipo militar possui um mostrador com dupla numeração de horas e minutos, três ponteiros e complicação de dia e data às 3 horas. O conjunto é esteticamente muito conseguido, a partir de um mostrador com um diâmetro de 40mm. Neste caso temos uma conjugação entre mostrador branco e bracelete em pele preta, mas existem diversas variações, incluindo com bracelete em aço. O fabricante indica resistência à água de 10 atmosferas (100 metros), mas uma vez que a coroa não é de rosca, este é um valor que deve ser encarado com uma (grande) pitada de sal.

Sem comentários :

Enviar um comentário