sábado, 5 de janeiro de 2013

C50 Malvern COSC


Christopher Ward não é propriamente uma marca conhecida e, quando descobrimos que se trata de uma empresa britânica, a admiração é ainda maior: "Ingleses a fazer relógios...? Nonsense!"
E no entanto... A marca é uma de muitas (bem, pelo menos algumas) que não tendo a tradição a seu favor, também não tentam passar gato por lebre. E conjugam bom gosto, movimentos (sobretudo) Suíços, (quase sempre) mecânicos e... preços razoáveis.
A foto ao lado representa o que de melhor esta abordagem à relojoaria tem para oferecer. O modelo é um cronómetro C50 Malvern Automatic da Christopher Ward, um dos mais belos relógios desta marca britânica.
A máquina é baseada num movimento ETA 2836-2 com dia e data cuja precisão foi certificada pela COSC, razão pela qual pode ser classificado oficialmente como cronómetro.
Como a Christopher Ward vende exclusivamente de forma direta através do seu site, o preço consegue ficar numas muito razoáveis (para um cronómetro mecânico) £599, valor que desce para cerca de £499 no caso de encomendas provenientes fora da Comunidade Europeia (devido a não ser cobrado do IVA).
A foto mostra o modelo em aço prateado e bracelete em pele castanha, mas existem variações com a caixa em dourado e braceletes em castanho e em preto.

Sem comentários :

Enviar um comentário