segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Wenger Urban Metropolitan 01.1041.138

 

01.1041.138_Urban_Metropolitan[1]

A Wenger, uma empresa suíça conhecida pelos seus canivetes multifuncionais e que foi adquirida em 2005 pela Victorinox, tem também uma gama interessante de relógios com design despretensioso e preço acessível.

O modelo que vos trago hoje é um dress watch de 3 ponteiros da coleção Urban Metropolitan com a referência 01.1041.138. Com uma caixa em aço de 41mm de diâmetro resistente à água até 100 metros, este relógio utiliza um movimento de quartzo suíço Ronda 515 com data às 3h00.

A conjugação da bracelete em pele suede com o mostrador em beije parece-me particularmente feliz e o resultado é um relógio Swiss Made elegante e discreto. O acabamento da caixa inclui zonas polidas e escovadas e o vidro do mostrador é de safira.

A marca oferece uma garantia de 3 anos para este relógio que pode ser adquirido através da Amazon espanhola por cerca de 160€, um valor muito bom para um relógio suíço, ainda que de quartzo.

sábado, 22 de outubro de 2016

Casio Pro-Trek PRG-600-1ER

 

PRG-600-1ER

A Pro Trek é uma gama da Casio cuja filosofia é a de que “todas as aventuras requerem um parceiro de confiança” pelo que estes são “relógios perfeitos para responder às exigências do seu hobby”. Ao contrário dos Casio G-Shock, aqui não existe uma preocupação muito grande com a robustez, muito embora estas sejam máquinas que procuram utilizadores aventureiros e amantes das atividades ao ar livre.

A gama foi introduzida pela primeira vez em 1994, com o Casio ATC-1100 e conta com duas dezenas de modelos. O modelo que vos trago hoje é novo e tem a designação PRG-600-1ER Monte Civetta. Existem duas variantes, com as referências PRG-600Y-1ER e PRG-600YB-3ER, com braceletes em borracha e uma caixa de cor ligeiramente diferente; de resto, são iguais.

O relógio tem uma caixa em resina sintética de dimensões relativamente grandes (51,6 mm) e resistência à água até 100 metros. O que mais me agrada nele é o desenho do mostrador, muito legível com grandes numerais às 12, 3 e 9 horas. O bisel inclui abreviaturas de 3 letras das principais cidades que representam os diferentes fusos horários e o movimento ana-digi de quartzo solar da Casio exibe uma janela com um LCD às 6h00 para informações adicionais.

As funcionalidades pensadas para aventuras ao ar livre, incluem altímetro, barómetro, bússola e termómetro. Em termos de complicações mais convencionais, temos cronógrafo com temporizador, calendário perpétuo e 5 alarmes diários.

Os preços da gama Pro Tek podem ultrapassar os mil euros, mas este modelo é relativamente acessível. Encontrei-o na Amazon UK (onde agora a libra vale praticamente o mesmo que o euro!) por £310.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Hemel 24

Por vezes não é preciso inventar a roda para conseguir um relógio bonito e original. Este "três ponteiros" com uma estética que convida à aventura chama-se Hemel 24 e é um dos modelos da empresa do mesmo nome.

A execução é de alto nível, com vidro de safira no mostrador mas também na janela de observação do movimento, o que é muito raro de encontrar em relógios de baixo preço. Outra opções são um pouco mais estranhas, embora nada tenha a objetar, como é o caso da bracelete em nylon que não é tipo NATO – o que tem como vantagem deixar ver o movimento.

A caixa resistente à água até 10 ATM tem 40mm de diâmetro e o mostrador é muito limpo, com uma dupla escala de 12 e de 24 horas que lhe empresta o look militar. O movimento escolhido foi o automático Miyota 9015, que funciona a 4 Hz (28.800 alternâncias/hora). Contudo, embora este seja um movimento com data às 3h00, a marca decidiu, provavelmente por razões estéticas, não aproveitar essa complicação.

O preço, diretamente a partir do site do fabricante (nos EUA), é de 400 dólares – um pouco puxado para um modelo de uma marca sem pedigree, mesmo tendo em consideração tratar-se de uma máquina automática, tanto mais que será preciso pagar desalfandegamento à chegada a Portugal.